sexta-feira, 1 de maio de 2015

O Poder do Desprendimento


Mateus 20

Jerusalém era um cenário de dúvida para os discípulos. Apesar das palavras de Jesus narrando o sofrimento que passaria na cidade, estes não entendiam corretamente o que ocorreria, a ponto da mãe de Tiago e João pedir a Jesus que seus filhos sentassem à Sua direita e esquerda em um futuro reino a ser estabelecido por ali (v.21).

Na verdade, esse pedido reflete bem qual era o raciocínio dos discípulos: Jerusalém seria o lugar da exaltação plena, da coroação do Rei e estabelecimento do Reino.
Por isso, valia o esforço ser ousado e pedir para ocupar posições de honra e autoridade. Afinal, era o momento oportuno!
Os outros apóstolos ficaram indignados com o pedido (v.24); provavelmente, não porque discernissem o que de fato ocorreria, mas por objetivarem o mesmo lugar pedido por Tiago e João!

Diante deste pedido, Jesus traz à tona a grande lição:  nesta terra, realmente existem governantes e eles têm autoridade sobre as outras pessoas, mas no reino de Deus, o maior é servo, a ponto do Filho do Homem ser aquele que deu a vida no lugar de todos (v.25-28).

Ou seja, Jerusalém, ao invés de ser o local da coroação final é, na verdade, o cenário da doação total!
O Reino de Deus não trata-se de posições e poder, mas de humildade e doação!

Jesus exalta nessa passagem o "poder do desprendimento".

Ele usa o cenário das posições (maior e menor) para trazer à tona o conceito do Seu Reino, que envolve doação e entrega.
Entenda: Não há nada mais duro para alguém que utiliza o linguajar do poder do que ouvir sobre a necessidade de doação e entrega, a ponto de enfrentar humilhação.

Dessa forma, Jesus quebra em seus discípulos esse raciocínio fincado em posição e títulos, com o objetivo de construir uma visão mais horizontal, a ponto de Cristo ser irmão de todos os novos filhos da família de Deus.

As palavras de Jesus em Mateus 20.27 ("E, qualquer que entre vós quiser ser o primeiro, seja vosso servo") não tem a intenção de demonstrar uma receita para alcançar posições de autoridade no Reino; pelo contrário, Ele quer quebrar esse conceito hierárquico em nossas vidas, pois a grande verdade é que aqueles que amam o poder nunca irão se submeter ao "caminho" proposto por Deus para alcançá-lo em Seu Reino!

Cristo nos chama a uma vida de submissão e doação em amor, primeiramente a Ele e do mesmo modo, aos irmãos!
No Reino de Deus, a lição é que o poder reside no desprendimento e humildade!

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião, crítica ou sugestão! Ela é valiosa demais para ficar restrita somente a você!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...