domingo, 19 de fevereiro de 2012

Limitando o agir de Deus

Na vida, enfrentamos limites que são impostos pelos contextos, pessoas ou autoridades ao nosso redor.

Você tem um limite de velocidade para andar de carro na rua, limites financeiros que não pode ultrapassar...

Ou seja, em diversas áreas da vida, temos limites e caso os ultrapassemos, seremos punidos: tomaremos multa, ficaremos endividados...

Seria muito bom se pudéssemos estabelecer os limites que cercam nossa vida, né?
Porém, geralmente, não podemos estabelecer esses limites.

No entanto, existem importantes áreas nas quais somos capazes de definir até onde iremos!

II Reis 13.14-19

Na passagem acima, o rei Jeoás visitou o profeta Eliseu, que estava em seu leito de morte, e foi desafiado por este a ferir a terra atirando flechas, como simbologia da vitória prometida por Deus ao povo de Israel na guerra contra os sírios.

O rei Jeoás atirou apenas três flechas contra o chão e por isso, Eliseu muito se indignou dizendo:

 “Cinco ou seis vezes a deverias ter ferido; então feririas os sírios até os consumir; porém agora só três vezes ferirás os sírios” (II Reis 13.19).

Talvez ele tenha atirado a primeira flecha, a segunda e pensado:

- Vou parar de fazer esse papel de bobo! Vou atirar só mais uma!

Mas ao atirar apenas três flechas ao chão, o rei Jeoás estabeleceu um limite para a quantidade de suas vitórias na guerra contra os sírios.
Da mesma maneira, estabelecemos os limites para a ação de Deus nas nossas vidas!

A disposição de Deus para intervir em nossa vida é infinita, porém como seres dotados de livre-arbítrio, as atitudes que temos definem os limites para o trabalhar do Senhor naquilo que nos envolve.

Você é o responsável por definir até onde o Senhor pode trabalhar no seu caráter: se Ele pode modificar aquela área em que você anda tão errado, mas se acostumou e até passou a aceitar o erro; você é o responsável por escolher uma vida segundo os sonhos de Deus ou viver os seus próprios propósitos; você é o responsável por limitar o mover do Espírito Santo em sua vida!

Estabelecemos os limites para a ação de Deus com as nossas atitudes!

E, podemos ver na passagem de II Reis que o limite imposto pelo rei foi abaixo daquilo que Deus gostaria de fazer na vida dele e do povo de Israel.
Se o rei atirasse mais flechas, a Síria seria consumida por inteiro!

E a posição de Deus quando limitamos a Sua ação, é respeitar a nossa decisão. O Senhor não nos obriga a nada, apesar de poder fazê-lo.

Limitamos a ação de Deus nas nossas vidas por egoísmo, apenas recebemos o suficiente para seguir sem culpa e viver conforme nossos interesses. Dessa forma, vivemos um relacionamento com Deus ralo, superficial, sem cumprir os Seus propósitos para nós e nem atingir a plenitude que Ele reserva para a nossa vida!

Qual é o limite que você tem estabelecido para a ação de Deus em sua vida? Analise quais são as atitudes que você tem tomado, até inconscientemente, que impedem o agir de Deus no seu caráter, que impedem você de viver os sonhos dEle para sua vida, de receber mais da presença dEle.

Deus quer te mostrar as infinitas coisas que Ele tem para você: a profundidade de um relacionamento intimo com Ele, os grandes sonhos que Ele têm a seu respeito!

Deus te encoraja a levantar, olhar ao redor e ver que não há limites para o que você pode viver com Ele!

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião, crítica ou sugestão! Ela é valiosa demais para ficar restrita somente a você!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...