domingo, 13 de dezembro de 2009

Deus está no controle!

Todos nós sabemos o quão bom é sonhar.
A própria Bíblia diz que “Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.” Fp.2.13
Mas,como reagimos quando o efetuar demora mais do que o esperado?
O que acontece quando o caminho que temos andado parece tão distante da realização dos nossos sonhos?
Normalmente,acabamos adotando um estilo de vida amargurado. Decepcionados com tudo ao nosso redor, escondemos os nossos sonhos em uma caverna inacessível e escura no fundo do coração.
Os mais radicais também tratam de impedir que qualquer outro sonho nasça e vivem uma vida totalmente cética, racional.
Porém, Deus quer nos ensinar algo diferente desse comportamento tão natural.
Ele quer nos preparar na arte de manter os sonhos vivos, acima de todas as dificuldades.
Na Palavra de Deus, vemos vários homens e mulheres capacitados nessa área,porém estudaremos um homem em especial: José, filho de Jacó.
José era um adolescente de 17 anos (Gn.37.2) quando Deus semeou em seu coração um sonho: Ele iria reinar sobre a sua família. (Gn.37.5-10).Como, quando e onde, ele não sabia, mas aquele sonho ficou bem claro em seu coração.
Creio que José poderia imaginar diversos caminhos para que o seu sonho se tornasse realidade, menos o caminho que ele enfrentou.
Por irmãos invejosos, foi vendido como escravo aos midianitas que o repassaram a Potifar, alto oficial de Faraó.(Gn.37.28,36)
Na casa deste, foi colocado sobre todas as coisas, pois tudo o que fazia prosperava (Gn.39.3-4), mas se tornou vítima de mais uma cilada: a mulher de Potifar diz que José a atacou quando, na realidade, o contrário aconteceu.
José é lançado na prisão (Gn.39.11-20). E, toda prisão, é lugar onde se amontoam sonhos enterrados
Mas, diferentemente disso, José se destaca naquele lugar com uma atitude diferente, a ponto de ser digno de confiança do carcereiro! (Gn.39.21-23)
Lá, Deus o usa para revelar sonhos a dois empregados do rei e para aquele que iria ser liberto, pede apoio para sair daquela situação injusta.
Mas, o copeiro acaba se esquecendo do pedido de José. (Gn.40.8-23)
Somente após dois anos, quando o Faraó teve um sonho muito estranho, o copeiro se recorda daquele preso que revelou a ele o significado do seu sonho.
Então, José é chamado à corte e revela ao Faraó o significado daquele sonho: o reino passaria por sete anos de fartura e sete anos de fome e, mais do que isso, propõe ao Faraó uma solução para o futuro problema. (Gn.41.1-36)
Faraó colocou José como responsável pela organização de tudo o que fosse necessário para que a época de fome fosse amenizada. (Gn.41.37-42)
José age com sabedoria e o Egito foi capaz de passar pelas dificuldades da fome sem prejuízos e, além disso, aquele reino pôde auxiliar diversos povos a superarem as dificuldades causadas pela escassez de alimento, inclusive a família de José.(Gn.41.47-49,54-57,Gn.42-45).
O sonho de José se tornou realidade!
Superando o tempo (treze anos se passaram entre o sonho e a transformação em realidade daquela situação) e todas dificuldades, decepções, acusações e injustiças, José foi capaz de viver o sonho que Deus havia colocado em seu coração.
Se queremos também viver a realidade daquilo que Deus nos fez sonhar, precisamos aprender a depender e crer em um Deus que nunca perde o controle.
Em nenhum momento da história descrita na Bíblia, vemos José lamentando sua sorte e enterrando os seus sonhos. E, em tristezas muito menores do que ele viveu, nós somos capazes de questionar a Deus o por que e desistirmos de tudo.
José sabia que tinha um Deus que nunca perde o controle do rumo das nossas vidas.
Quando aprendemos a enxergar dessa maneira, percebemos que nada do que Deus faz é sem propósito.
O Senhor conduziu José por caminhos estranhos, porém esses trajetos foram instrumentos usados por Deus para habilitar José a administrar um reino como o do Egito.
Vemos que José foi administrador da casa de Potifar e de uma prisão e somente após treze anos de experiências diversas, José estava preparado para ver realizado o seu sonho, no reino de Faraó.
Deus moldou José através dos caminhos pelos quais o levou e Ele também faz isso conosco!
Talvez você esteja vivendo uma situação incerta, aparentemente sem conexão com o sonho que Deus colocou no seu coração, mas saiba que através desta situação, Deus pode te capacitar para que o projeto semeado por Ele em seu coração, torne-se realidade.
Não permita que o seu coração seja contaminado com amargura e nem desista do que Ele colocou em seu coração.
Apenas creia em um Deus que não perde o controle do rumo da sua vida, confie inteiramente o seu coração a Ele e se disponha a aprender, mesmo em meio às dificuldades mais intensas e inexplicáveis.
Deus está no controle!

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião, crítica ou sugestão! Ela é valiosa demais para ficar restrita somente a você!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...