domingo, 10 de dezembro de 2017

Fuja da Cobiça!

0 comentários

A luxúria é uma nomenclatura associada aos pecados associados ao apego aos prazeres do corpo, sexualidade extrema e sensualidade.

Dentro dessa espécie de classificação, podem ser enquadrados diversos pecados que são nominados na Bíblia como incesto, sodomia e outras imoralidades sexuais (como pedofilia, zoofilia e outros...).

Às vezes, ao mencionar deste modo, parece que este tipo de pecado está muito longe de nós! No entanto, a sensualidade, a cobiça, a pornografia e o espírito hedonista, que busca o prazer em primeiro lugar, são práticas que estão também associadas à luxúria.

Os pecados ligados à luxúria distorcem o prazer sexual, o tirando da zona de proteção do casamento e da relação entre um marido e esposa, e abrindo precedentes para a objetificação do outro, da busca da satisfação sexual apenas para si mesmo, para saciar os seus desejos e necessidades biológicas.

Por isso, temos de vigiar, pois essa realidade está muito próxima de nós!

O apóstolo João nos alerta que esse é o espírito deste mundo, mas que aqueles que fazem a vontade de Deus permanecem para sempre:

"Pois tudo o que há no mundo — a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens — não provém do Pai, mas do mundo. O mundo e a sua cobiça passam, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre." (1 João 2.16-17)

Como devemos agir?

* Fuja das tentações! 

"Fujam da imoralidade sexual. Todos os outros pecados que alguém comete, fora do corpo os comete; mas quem peca sexualmente, peca contra o seu próprio corpo." (I Coríntios 6.18)

Às vezes, a melhor estratégia de guerra que podemos ter não é ir para o combate, mas sim fugir dele! Dada a natureza deste tipo de pecado e o fato dele atingir fortemente o nosso corpo, que é o templo do Espírito de Deus, somos aconselhados pelo apóstolo Paulo a fugir das situações que nos colocam frente a estas tentações!

* Desvie os seus olhos do mal! 

Davi diz "Não porei coisa injusta diante dos meus olhos" (Salmo 101.3)

O que tem sido colocado diante de você? Você tem permitido que coisas desagradáveis a Deus entrem em sua mente através dos seus olhos? Pornografia e malícia tem alimentado seu coração?

Não se engane! Jesus disse em Lucas 11.34: "A candeia do corpo é o olho. Sendo pois o teu olho simples, também todo o teu corpo será luminoso; mas, se for mau,  também o teu corpo será tenebroso".

Guarde seus olhos daquilo que desagrada a Deus e os coloque nEle, nas coisas que O agradam!

* Incline o seu coração para as coisas do Espírito! 

"Quem vive segundo a carne tem a mente voltada para o que a carne deseja; mas quem, de acordo com o Espírito, tem a mente voltada para o que o Espírito deseja." (Romanos 8.5)

Precisamos nos voltar às coisas do Espírito! No Senhor, colheremos vida e paz, viveremos como quem está morto para os desejos do mundo e vivificados para andar conforme a vontade do Pai.

Não permita que a luxúria tenha espaço na sua vida. O mundo e sua cobiça passará! Fuja da cobiça e ande conforme a vontade de Deus, pois aquele que anda assim permanece para sempre!

domingo, 26 de novembro de 2017

O que fazer quando a vaca está indo para o brejo?

0 comentários

O que fazer quando temos a sensação de estar em um cenário onde o ditado  "o último a sair deve apagar a luz!" cabe muito bem?

Jeremias e o povo de Israel viviam essa situação dentro dos muros de Jerusalém.

Cercados pelo Império Babilônico, estavam destinados a um duro confronto, no qual as chances de resistência eram mínimas.

Nesse contexto,  Jeremias é interpelado por um de seus familiares para assumir o direito de herança a uma terra pertencente à sua família, em Benjamim.  Para isso, ele precisaria dispender um alto valor financeiro (Jeremias 32.8-9).

Em uma terra onde as leis vigentes estavam prestes a ser revogadas, essa compra não faria nenhum sentido, pois quando a Babilônia conquistasse a terra, todos os direitos estabelecidos perderiam o valor.

Diante desse cenário, o que você faria?

"Quando a vaca está indo para o brejo" ou quando ouvimos o recado "O último a sair, apague a luz!", conforme os ditados populares, como agimos?

O mais comum nesses cenários é agir como os outros israelitas que, após um breve período de bondade, onde libertaram seus irmãos hebreus sob jugo de escravidão, recrudesceram nessa prática e novamente oprimiram seus irmãos (veja Jeremias 34.8-11).

Afinal de contas, quando as coisas estão indo para o buraco, os outros ditados deixam claro o que em geral as pessoas fazem: "a farinha para o meu pirão primeiro", "salve-se quem puder".

Mas voltando a Jeremias e a furada "oportunidade" de compra de um terreno: a sua reação, direcionada por Deus, de decidir fazer a compra do terreno, mesmo sabendo que em pouco tempo aquilo não significaria nada, nos dá um testemunho de quem ele é e uma profecia a respeito da sua esperança.

Os tempos difíceis é que revelam o compromisso com os valores da nossa fé e indicam o quanto realmente cremos na nossa esperança!

Para o cristão, enquanto cada um clama pelo que é seu, nós clamamos pelo "Pão Nosso";
Enquanto todos retém para si, somos chamados a dividir;
Enquanto todos economizam forças,  nós somos desafiados a andar uma milha a mais!
E isso não é fruto da nossa bondade:  é testemunho da esperança introjetada dentro de nós, pelo relacionamento com o Deus vivo!

Assim como a compra do terreno por parte de Jeremias anunciava um futuro retorno do povo à Jerusalém, um momento onde a compra, a venda e a alegria ressurgiria, a nossa ação perante os dilemas da vida testemunha que não há nada nesse mundo que roube a paz e a alegria que Jesus comprou para os nossos corações (veja Jeremias 32.14-15)

Para o cristão, não existe cenário pessimista que seja final, nem mesmo a morte! Cristo venceu o mundo, nos livrou de tudo isso, deu-nos vida eterna e uma certeza inabalável de vitória sobre toda a realidade terrena!

Por isso, andemos como Jeremias: mesmo em cenários difíceis, onde todos os ditados populares de ruína poderiam ser lembrados, continuemos testemunhando ousadamente da nossa fé e sendo profetas de uma esperança eterna!

Quer conhecer mais sobre este Jesus? Clique aqui.
older post
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...